duas casas nas ilhas selvagens

concurso público promovido pela ordem dos arquitectos

In situ

local: reserva natural das ilhas selvagens, madeira
área selvagem grande: 180 m²
área selvagem pequena: 165 m²
concurso público
ano: 2016


Bráulio Conceição, Carolina Delgado,
Duarte Seabra Alves, Miguel Moreira e Rita Soares

Equipa:

A Reserva das Ilhas Selvagens é constituída por dois grupos de Ilhas e Ilhéus onde a presença da Natureza assume o papel principal. No entanto, sem nunca se sobrepor, o homem é imprescindível à salvaguarda deste património.
Intervir neste território implica ponderar a permanência e a reversibilidade da pegada do homem. Com esta consciência, a intervenção distingue o que é permanente do que é reversível. A partir daqui, a cada ideia é associada uma estrutura diferente que procura reforçar o sentido do lugar e qualificar a presença do homem. A pedra vulcânica, estrutura permanente, surge como o elemento natural que nasce do território. A madeira, estrutura reversível, representa o próprio homem, elemento exterior às ilhas que se adapta ao território.

The Reserva Natural das Ilhas Selvagens is constituted by two groups of islands, where Nature assumes center stage. Without imposing his presence, man is essential to the safeguard of the natural heritage.
When intervening in this territory one must consider both the permanence and reversibility of human evidence and so the intervention must be able to distinguish what is permanent from what is reversible. From this point forward, each idea is associated to a different structure aiming to reenforce the sense of the place and to qualify human presence. The volcanic rock is the most overwhelming element natural to the territory. Wood, on the other hand, is understood to being a reversible structure, representing the presence of man – a foreign material adaptable to the territory.